Avançar para o conteúdo

Quinta Sinfonia

Como fazer caldo caseiro de frango

Até há uns anos atrás eu pertencia ao club de “cubos de caldo” das tradicionais marcas que todos conhecemos. Não tenho dados estatísticos mas a sensação que tenho é que aqui em Portugal não há muito a tradição de elaborar caldos caseiros. Ao menos assim era na minha casa! A questão é que quando fui viver para Barcelona apercebi-me, pelo menos das pessoas que conhecia, que a maioria fazia os seus próprios caldos. Depois conheci o Jordi, o rei dos caldos em todas as suas versões, e foi quando definitivamente deixei de lado os cubos muito práticos mas pouco saudáveis.

Um caldo é uma espécie de salva vidas da cozinha que transforma qualquer prato “insosso” ou simples, em algo saboroso para além de nutritivo. Os caldos servem de base para a maioria das sopas. Um risotto pede a gritos um bom caldo e qualquer estufado também se vê muito beneficiado se o utilizamos.

A importância de uma alimentação sazonal

Foi depois de nos termos mudado para o campo quando começamos a viver uma vida muito mais ao ritmo das estações. Talvez porque uma coisa seja a teoria e outra a prática. É certo que na cidade aplicávamos alguns conceitos de sazonalidade na nossa alimentação, mas viver, sentir e ver essa sazonalidade que nos trás cada estação foi o que nos fez mudar ainda mais. Já alguma vez escrevi que todos deveriam fazer um estágio… Ler mais »A importância de uma alimentação sazonal

Diários de estilo sustentável: Março/21

Depois do verão do ano passado comecei a escrever uma série de posts para o blog com a ideia de que o ia começar depois do verão. Depois as coisas foram-se atrasando e eu continuei a escrever para não correr o risco de chegado o momento não ter nada preparado e ter que correr. Quando escrevi o post sobre moda sustentável veio-me à ideia dar exemplos de combinações de peças usando como exemplo o meu… Ler mais »Diários de estilo sustentável: Março/21

Um roupeiro slow

Antes de entrar no conceito de slow fashion temos de entender o que é o Movimento Slow. Segundo este movimento a vida faz-se a um ritmo que promove o bem-estar, o desenvolvimento pessoal, social, comunitário e ambiental. O Slow Movement teve a sua origem no Movimento Slow Food que nasceu em 1986, em Itália. Com este movimento pretendia-se fazer uma oposição aos valores e cultura associados ao fast food. Esta tendência tem-se alargado a uma… Ler mais »Um roupeiro slow

Slow Living, um pequeno guia

Antes de me mudar a viver no campo e na quinta, vivia em Barcelona  e para além da vida normal e acelerada da cidade, durante os 7 anos anteriores à mudança para o campo, trabalhei de domingo a segunda, 7 dias à semana. O tempo é absolutamente relativo. Estamos há 8 anos aqui na quinta e parece-me que voaram e, no entanto, aqueles 7 anos pareceram-me lentíssimos. Foram os anos mais duros da minha vida… Ler mais »Slow Living, um pequeno guia

Estreamos casa!

  • quinta

Finalmente inauguramos página web e retomo, ou isso ao menos espero e a isso me proponho, a escrita no blog. A ideia era ter tudo pronto para lançar a página em 2020 mas nem sempre os planos se cumprem. Como em tudo, só há que ter um pouco de paciência. No final, quando há vontade e se trabalha, tudo acaba por chegar. E aqui estamos, nesta nova casa desenhada por nós e pelo nosso amigo… Ler mais »Estreamos casa!