Avançar para o conteúdo

Quinta Sinfonia

Diários de estilo sustentável: Novembro/23

estilo sustentável com roupas de segunda mão

A última vez que fiz um post de diários de estilo sustentável, foi em Julho de 2021!! Podem ver no link em baixo.

Desde então muita água correu neste rio!

Se vos sou sincera, nesta nova etapa do blog, não tinha intenção de repetir os diários de estilo. Não porque a moda sustentável me tenha deixado de interessar. Nada disso! Precisamente todo o contrário. Cada vez mais, me interessa este assunto. E cada vez mais, no meu guarda roupa, tento aplicar ao máximo os seus preceitos.

Para mim, isto de vestir-se a rigor, tem etapas. Há alturas em que só me apetece sair em pijama ou máximo dos máximos, fato de treino ou leggings! Devo confessar que há uns anos atrás, cheguei a ir buscar a minha filha à ginástica com a parte de cima do pijama, um casaco comprido e cachecol!!

vestir-se com roupa de segunda mão ou feita por nós próprios
roupa feita por nós próprios

Mas depois há outras épocas em que vestir-me bem (o tal vestir-se a rigor!) é todo um acontecimento para mim. Eu acho que é porque ao contrário da grande maioria das pessoas que trabalham, o meu ofício “exige” andar “mal vestida” e na maioria das vezes, “suja”! É um facto, ao menos para mim.

Depois é certo que sigo bastantes contas de agricultores, grandes e pequenos, nacionais e internacionais, e em 99% das fotografias saem limpinhos. De verdade, que não sei como o fazem! Inveja pura, tenho eu de quem consegue fazer agricultura sem se sujar!!

estilo sustentável

Neste outono-inverno, estou na fase “vestir-me bem” e sobretudo, dar uso a todas as peças do guarda roupa que, diga-se de passagem, são mais do que aquilo que eu vou conseguir usar nesta estação. E porquê? Porque primeiro, tenho roupa até ao fim dos meus dias e segundo, saio pouco. É um facto!!

Aproveitando este entusiasmo, num dos dias em que me vesti para ir fazer uns recados, decidi agarrar no tripé e na câmara e embrenhar-me campo adentro para tirar umas fotografias.

O dia estava nublado. O outfit condizia com o dia. Mas eu, para contrariar tanto cinzento, estava contente!!!

estilo sustentável com roupa feita por mim mesma
estilo sustentavel

Curiosamente, o cinzento é uma cor que não gosto muito em roupa. A mim que me deem ou preto ou branco!! Para além de que me lembra aqueles tempos iniciais de trabalhar em empresas em que tentava dar uma imagem profissional e por isso tinha uma série de conjuntos cinzentos!

Mas vamos a este outfit quase, quase, 100% sustentável!!

Vestido

Feito por mim há uns 2 ou 3 anos! E totalmente forrado por dentro, para aumentar o desafio!!

O tecido era de uma saia da minha filha de um disfarce de Carnaval de saloia em que todos da escola foram iguais. Era uma saia comprida e com roda e, portanto, tinha bastante tecido. Só mandei pôr as molas. É um tecido que tanto dá para verão como para inverno, mas sou sincera uso bem pouco porque lá está, não sei bem como combinar peças cinzentas.

Camisola

Pareceu-me uma boa combinação para o vestido porque tenho a teoria de que as camisolas de riscas combinam com tudo. Esta comprei nova (coisa raríssima hoje em dia!) há uns 3 ou 4 anos.

Botas

Comprei estas botas há precisamente 30 anos, tinha eu 19 anitos!! Naqueles anos 90 começaram-se a usar botins com saias e eu, fashion victim, não podia fugir à moda!! Ficaram estacionadas durante alguns anos e resgatei-as há 2 ou 3 anos. Mudei-lhes os cordões e pus umas fitas de veludo verde (essa sim, cor que adoro!!). A sola já descolou e eu decidi cola-la um pouco na esperança que as botas morressem de vez. Mas não!! Elas aí estão, prontas para mais um ano!!

estilo sustentável

A paisagem é também sustentável! Não podia ser de outra maneira! Está localizada aqui bem pertinho da nossa quinta. Sorte a nossa de dar 2 passos e encontrarmos sempre sítios bonitos.

Se gostaram do modelinho e querem ver outros:

estilo sustentável

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *