Avançar para o conteúdo

Quinta Sinfonia

O que podemos fazer para ajudar a salvar as abelhas

Desenho de Mariana Noguera

Hoje celebra-se o dia Mundial das Abelhas, decretado pela ONU para sensibilizar o mundo para a importância e necessidade de proteger este animal, essencial para a manutenção do equilíbrio ecológico.

Estima-se que um terço dos alimentos que consumimos cada dia depende da polinização feita basicamente por abelhas, mas também por outros insectos ou pássaros. Portanto só com este dado é fácil entender a grande importância deste pequeno insecto.

Desde os anos 90 que a população de abelhas tem vindo a descer drasticamente. Isto afeta-nos muito e vai continuar a afetar-nos ainda mais se não se fizer nada para mudar a situação.

Hoje em dia quando vamos a um mercado ou qualquer outro sítio onde vendam frutas e verduras encontramos uma grande variedade de produtos. Uns são de produção local ou nacional e outros importados mas em qualquer caso a variedade a que temos acesso é grande. A maior parte destes produtos necessitam polinização. Sem abelhas deixariam de existir um sem número de variedades e o mais provável é que os preços aumentassem.

O uso continuo de pesticidas, herbicidas, fungicidas e toda uma série de produtos químicos usados na agricultura convencional contribuem para a diminuição das abelhas, mas também borboletas. A destruição de habitats e as alterações climáticas são outros dos fatores.

Fotografia de Junie Kim em Unsplash

E apesar de parecer que não podemos fazer nada para inverter a situação, a boa notícia é que sim, todos podemos ajudar a salvar as abelhas! Eis aqui algumas coisas que podemos fazer:

Consome produtos orgânicos e locais

Se uma das principais causas do desaparecimento das abelhas é a agricultura intensiva e o uso continuo de pesticidas e herbicidas então o primeiro passo é não apoiar este tipo de agricultura. Sempre que possível escolhe alimentos produzidos por produtores que produzam de forma orgânica e natural.

Planta flores e ervas amigas das abelhas e borboletas

Pode ser num jardim ou na varanda de um apartamento de cidade! A alfazema, a salva, o coentro, o tomilho, os gerânios, os girassóis são só alguns exemplos de plantas que são ideais para as abelhas. E ter um jardim ou uma varanda florida não é só bom para os insetos, é bom também para nos alegrar a vida!

Mantém o teu jardim orgânico

Evita usar pesticidas no teu jardim e sempre que for preciso usar algum tratamento, escolhe um que seja orgânico.

Tem disponível uma zona com água

Para as abelhas é básico o acesso à água por isso para atrair abelhas convém ter um recipiente com água para que elas possam vir beber.

Espalha a mensagem

Continuar a consciencializar e alertar as pessoas para este problema. Como sempre, sozinhos não podemos solucionar o problema mas se todos pusermos um pouco esse pouco será muito.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *