Avançar para o conteúdo

Quinta Sinfonia

O telhado verde da casa da Quinta Sinfonia

Os telhados da casa da quinta eram (e uma parte ainda são) todos de fibrocimento. Esteticamente era (é) um telhado bastante feio para não falar dos problemas de isolamento.

Desde que compramos a quinta que sabíamos que queríamos que practicamente todo o telhado fosse uma mancha de verde. Eu acredito que as casas têm de estar adaptadas ao sítio onde estão e nós estamos no meio do campo, rodeados de verde por todos os lados. Para nós faz todo o sentido que a casa esteja integrada neste verde e não destaque. Se algo tem de destacar é a natureza.

Este telhado era o único da casa que tinha placa. Para que pudesse receber a cobertura verde tivemos de fazer uma betonilha com uma pequena inclinação para que haja um bom escoamento da água.

Depois foi só ir seguindo os passos que expliquei na entrada anterior sobre os telhados verdes. O primeiro passo foi isolar o telhado com uma emulsão betuminosa para evitar que a humidade se filtre.

Depois em cima pusemos a barreira anti-raízes. Com esta barreira evitamos que as raízes das plantas furem e entrem em contacto com a placa do telhado.

Em cima da barreira anti-raízes, colocamos o sistema de drenagem que vai permitir que água não se acumule em cima do telhado.

Em cima do sistema de drenagem pusemos um geotêxtil filtrante.

Finalmente pudemos começar a encher a cobertura com substrato. Pusemos uma primeira camada de folhas secas que tínhamos aqui na quinta e por cima substrato que compramos.

O telhado estava pronto para receber as plantas. O nosso telhado é extensivo e portanto tem uma camada não muito espessa de terra e optamos por escolher plantas com raízes curtas e radiculares. À volta pusemos morangueiros e desde há duas semanas que estamos a apanhar morangos.

Para o resto das plantas optamos por suculentas variadas já que não queremos que tenha muita manutenção e que aguente os longos períodos de calor que temos por aqui.

Optamos por colocar várias suculentas do tipo sedum que nascem espontaneamente nos nossos telhados e que acho que são as que mais se estão a adaptar e a crescer.

De momento estamos encantados com a cobertura verde. Já passou por várias chuvadas intensas e confesso que fiquei apreensiva  mas drenou muito bem a água e aparentemente tudo continua no seu sítio. O único “problema” que tivemos foi com os gatos. Quando pusemos as plantas, coincidiu com o cio dos gatos que andavam em grupos por cima do nosso telhado e devem ter achado que eramos muito simpáticos por lhes termos montado uma gigante caixa de areia! Ao princípio dedicaram-se a escavar a terra e as plantas apareciam fora do sítio mas pouco a pouco foram desaparecendo e agora as plantinhas estão todas bem e a crescer.

Estamos já a preparar outra zona para receber mais um telhado verde. Fiquem atentos, iremos mostrando os avanços por aqui e também pelo instagram.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *